novembro 03, 2010

O que ninguém vê


Estão todos olhando a moça passar. Falam de seu corpo, comentam seu mistério, disputam sua atenção. Mas se a moça olha, mudam de assunto, se a moça pede ajuda, ninguém escuta e se quiser companhia - coitada da moça! - vai continuar só. É assunto na academia, atrai olhares no trabalho e quando sai de noite também. Mas ela dorme sozinha e tem um vazio no peito que ninguém tem vontade de ocupar. A Menina tem um coração pesado que ninguém quer carregar.

Quem olha de longe não percebe e quem não se aproximar nunca vai saber: a Menina gosta livros e Jazz, queria saber dançar, troca uma balada pra assitir a Orquestra, gosta de andar até as pernas reclamarem, tem preguiça de filme cult e vê pequenos detalhes onde os outros enxergam cotidiano. E, acima de tudo, está cansada de tanto assustar e afastar as pessoas, cansada de esperar vidas se resolverem por uma promessa de futuro e ficar pra trás mais uma vez.

Quem vai cuidar da Menina triste? Quem vai levar de prêmio seu amor? Quem tem coragem de assumir o desafio e o coração pesado? Apostem suas moedas, esperem o próximo capítulo. Enquanto isso, a Menina também espera, e esperar dói.

72 comentários:

  1. teu texto veio no dia exato! Muito bom.. e realmente, esperar dói.. dói muito! E dói, por não saber ao certo o que esperar. Por não saber se vale a pena esperar, e se a espera é longa ou curta. O que dói, além da espera, é a dúvida, o talvez.. isso sim, dói muito!

    ResponderExcluir
  2. Nossa Vê, todo texto seu é que nem o que a cartomante fala, cabe perfeitamente pra mim (HAHAHA), mas esse conseguiu mais que isso. Eu, simplesmente, me li! Tirando a parte do "andar até as pernas doerem" KKK

    Parabéns, mais uma vez, pelo ótimo texto!

    ResponderExcluir
  3. Você é maravilhosa! [2]

    ResponderExcluir
  4. Escreve muito, muito lindo *--*

    ResponderExcluir
  5. A espera é essa partida remota que alarga o peito, destrói cada pedaço de esperança. A moça do coração grande, não quer mais ninguém indo embora.

    ResponderExcluir
  6. cada palavra me toca de uma forma indescritivel.
    parabéns Verônica *-*

    ResponderExcluir
  7. Nossa, me identifiquei muito com essa Menina, e realmente... dói muito.

    beijo!

    ResponderExcluir
  8. Enquanto isso as suas palavras penetram em mim com um efeito sem igual, que lindo! No nosso país tem vários escritores, talvez os melhores, mas eu digo e repito, ninguém sabe usar as palavras como a Verônica. Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Muito bom o texto Verônica, as vezes as pessoas vêem por fora e não sabe como essa pessoa se senti por dentro, o que se passa de verdade e quando descobrem correm com medo das suas verdadeiras confusões. É sempre um prazer ler seus textos, mesmo não comentando em todos, sempre leio.
    Beijos minha querida.

    ResponderExcluir
  10. 'E, acima de tudo, está cansada de tanto assustar e afastar as pessoas'
    cansa ver tanta gente indo embora, né? cansa mais ainda os questionamentos e a procura por soluções...
    adorei o texto :*

    ResponderExcluir
  11. Meu texto. As pessoas costumam supervalorizar o que vêm por fora, sem muitas vezes saber que o que eu tenho a oferecer é muito mais do que elas conseguem ver.

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente todo mundo só quer ficar com a parte bonita, mas a q dá trabalho... temos q nos virar sozinhas com ela!
    beijão

    ResponderExcluir
  13. seus textos são perfeitos, me identifiquei com muitos deles. ;*

    ResponderExcluir
  14. Nossa, estou encantada! Você escreve incrívelmente bem, sério, li alguns outros textos teus aqui no blog, e está de parabéns. Descobri teu blog com a indicação da Br, no Depois dos Quinze, merece fazer muito mais sucesso, viu? Estou seguindo, e estarei aqui mais vezes, beijos!
    http://memorias-escritas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Não sei se posso dizer que bom, mas me sinto bem por saber que você também se sente igual a mim! É sempre bom saber que não se sente sozinho um sentimento que por mais comum que seja pareça tão nosso. Senti uma quase pena da moça do texto, com tanto amor pra dar e ng pra querer receber. Só uma dúvida, queria saber quem é a moça da foto do fundo do teu blog e se a foto do profile é da mesma moça e se a moça das fotos é vc. rsrrs Acho que são três dúvidas disfarçadas de uma rsrssr. Abraço, boa semana!

    ResponderExcluir
  16. a os teus textos me trazem paz, eles sempre vem na hora certa.

    ResponderExcluir
  17. vi um texto seu no Depois dos Quinze.. com certeza to aqui todo dia agora! bjos!

    ResponderExcluir
  18. vc escreve divinamente amei!

    http://diariodefasess.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. É, e esperar dói, dói mt. Bem sei disso. ;9
    Amei o texto! :]

    ResponderExcluir
  20. Adorei o texto, muito bem escrito! Parabéns :) Gostei tanto que comecei a seguí-la! Haha

    ResponderExcluir
  21. Esperas doém, mas podem valer muito a pena!
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. E esperar dói...
    como dói né ? Divida o coração da menina com a gente, pois com teus textos, o coração pesado de cada uma aqui, fica mais fácil de carregar.
    Um beijo, mil beijos.

    ResponderExcluir
  23. Meu momento! Vc é terrivelmente maravilhosa Verônica! Parabénssssssss

    ResponderExcluir
  24. Engraçado, isso me lembrou uma moça que dez vez em quando visita os meus escritos.
    Talvez ela também esteja por aqui. E por todo lado.

    Gostei muito do texto!

    ;)

    ResponderExcluir
  25. e como dói!

    Verônica, primeira vez por aqui e vim para ficar! (risos) gostei por demais de tudo!

    bom fim de tarde.
    um beijo,

    ,)

    ResponderExcluir
  26. Muito bem escritooo.. acho que muitas meninas se encaixam nessa história!! Linda

    beijos ;*

    ResponderExcluir
  27. Você escreveu tudo que sinto.
    Muito boom *-*

    ResponderExcluir
  28. Mais fácil olhar e deixar passar do que tentar entender e conhecer.

    ResponderExcluir
  29. eu bem que tento não me encontrar nas coisas que escreves, mas nunca dá :/

    ResponderExcluir
  30. Eu odeio esperar. Só pra variar, tá perfeito. Beeijos ;*

    ResponderExcluir
  31. Muito obrigada pelo elogio Vê! Me sinto lisonjeada por agradar tuas leituras, assim como você sempre escreve de um jeito que eu adoro.

    Beijo grande! :*

    ResponderExcluir
  32. Vc poderia escrever no DEPOIS DOS QUINZE sobre complexo de inferioridade e sua influência no comportamento social de uma pessoa. Falar sobre as dificuldades de se construir e manter um relacionamento amoroso sendo vitima desse complexo seria interessante. Bom, esse é um tema que eu gostaria muito que vc escrevesse porque vc sempre encontra as palavras exatas pra decifrar qualquer sentimento

    ResponderExcluir
  33. Jazz, livros, desejo de saber dançar, gosto por andar, e principalmente ver pequenos detalhes em meio ao normal: ei, me vi nessa menina aí! Mas sorte a minha que minha espera é outra, menos dolorosa :)
    Liiindo demais ;*

    ResponderExcluir
  34. Ótimo seu blog. Muito intelectual. Gostaria de pedir que visitasse o meu, fiz ontem, o endereço é:

    kemet.zip.net

    ResponderExcluir
  35. OLÁ
    ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO
    ME FAÇA UMA VISITA E ME SIGA
    VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  36. Primeiramente, parabéns! (Quanta formalidade, acho que nem combina comigo).

    Tenho um amigo bisbilhoteiro, que adora "achar" coisas bacanas na net e encontrou seu blog e deixou um recado para que eu desse uma olhadinha, ele tinha razão, tudo aqui é adorável, os textos são maravilhosos! Parabéns!

    ResponderExcluir
  37. Esperar,dói muito e como dói.;/

    ResponderExcluir
  38. Nossa, acertou onde mais dói.

    ResponderExcluir
  39. Nossa... Que incrível! Você sempre escrevendo as minhas dores... Amei teu blog, vê se me segue queriida. Sucesso

    ResponderExcluir
  40. Vê, saudade dos teus textos..
    Espero que a falta de tempo ou inspiração seja porque está muito ocupada com as coisas boas da vida (;

    Sláinte.

    ResponderExcluir
  41. Dói.
    Você escreve muito bem, gostei daqui. =)

    ResponderExcluir
  42. Gostei dos teus textos e do seu blog, tô seguindo, ok? =)

    Tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  43. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  44. Simmm, esperar dói e aperta o peito!
    Adoro seus escritos, descobri seu blog e estou te seguindo e te adicionando à minha lista de blogs!
    Que possamos ter contato! :)

    ResponderExcluir
  45. Seus textos são perfeitos.
    está de parabéns, :)
    estou te seguindo.
    beijoos.

    ResponderExcluir
  46. esperar seus textos tambem dói!
    SÃO MARAVILHOSOS!

    MAIS MAIS MAIS!

    ResponderExcluir
  47. belo e ao mesmo tempo triste.
    Qual será o motivo dessa solidão?

    ResponderExcluir
  48. ''Quem tem coragem de assumir o desafio e o coração pesado? ''

    ninguém até aqui, e esperar doí cada dia mais.E a paciência vai, junto com a esperança.
    Você sempre lendo a minha alma, né, sua danada?:)

    ResponderExcluir
  49. ;( Ow céus,liindoooooo... Pode soar abusado da minha parte,mas...errr... poderia dizer que essa Menina triste sou eu...

    Bem ameiii, parabéns e ah! Feliiz Natal Veh!!!

    ResponderExcluir
  50. Gratidão pelo compartilhar das preciosas palavras durante o ano.
    Feliz dias, feliz todos os dias ;)
    Beijos e Flores

    ResponderExcluir
  51. seus textos são lindos! Parabéns (:

    ResponderExcluir
  52. Não serei capaz nem de aconselhar, pois desta menina triste compartilho a mesma solidão nos meus dias, sempre na esperança de encontrar quem ocupe esse vazio no peito. Mas nem sempre amar é como desejar, aí resta-me dizer ao vento: se nao tenho sua companhia aceito a minha. E nessa brincadeira de criança pirracenta vou conseguindo viver sem a companheira que um dia há de aparecer.

    ResponderExcluir
  53. Maria Eduarda28 dezembro, 2010

    vc morreu é? hauhau passo aqu TODOS OS DIAS (sem drama) Pra ver se voce escreveu um texto novo e naaaada! não faz isso plis! kk

    ResponderExcluir
  54. Olá, boa tarde.
    Seu blog foi recomendado pela blogueira: Naiara.
    E estamos aqui para convida-lo ao mais novo projeto entre os blogueiros.
    A Academia Virtual dos Blogueiros.
    Mais informações nessa comunidade:
    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=109408320

    ResponderExcluir
  55. "A Menina tem um coração pesado que ninguém quer carregar."
    GAMEEI NESSE TEU TEXTO *-*
    sempre arrazando escrevendo.

    ResponderExcluir
  56. Maravilhoso! Bate fundo no coração!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  57. Oi Verônica,como é possivel sair tanta beleza em tão custor versos? A resposta é simples,o escrever é dom de Deus,A se o mundo fosse cheio de poetas como voce. Um abraço de Bartolomeu P. Teixeira.

    ResponderExcluir
  58. Será q gostaria de ler a resposta masculina pro seu texto ??

    ResponderExcluir
  59. A espera é dolorosa, mas tomara que a menina encontre alguém que olhe para ela e veja Jazz, Orquestra, a preguiça que o filme cult pode despertar e esse apego aso detalhes.

    Ótimo texto, parabéns!

    ResponderExcluir
  60. Me sinto um pouco como essa moça, algumas vezes... e é triste, realmente! :S
    Mais um excelente texto da sua coleção! rsrs

    ResponderExcluir
  61. Finalmente estou conhecendo a incrível Verônica H. Adorei seus textos, só estranho o fato de ainda não ter lançado livro, e de muita gente não conhecê-la. Sinceramente, o mundo hoje é tão superficial que coisas raras assim como seus textos são ignorados. Parabéns. Estou tentando escrever também, vê lá em meu blog -> http://thaines-asincera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  62. E COMO DÓI!!!!!!!
    Mas o pior é quando tentam e, ao perceberem o jeito excêntrico, terminam -colocando toda a culpa na outra parte-

    é, isso dói!

    ResponderExcluir
  63. Esse texto é muito perfeito!!!

    ResponderExcluir
  64. Como não conhecia suas palavras ainda?! Me identifiquei total! Parabéns pelo seu "dom" . Você é magnífica!

    ResponderExcluir