outubro 08, 2010

O que você nunca vai saber

Não pretendo te contar sobre minhas lutas mentais. Você terá nas mãos minha simplicidade e minha leveza, que podem não ser totalmente verdadeiras, mas foram criadas com muito carinho pra não assustar pessoas como você. Não vou ficar falando sobre a complexidade dos meus pensamentos, minha dualidade ou minhas dúvidas sobre qualquer sentimento do mundo. Vou te deixar com a melhor parte, porque eu sei que você merece. Guardo pra mim as crises de identidade e a vontade de sumir. Não vou dissertar sobre minhas fragilidades e minhas inseguranças. Talvez eu te diga algumas vezes sobre minha tristeza, mas só pra ganhar um pouquinho mais de carinho. Ofereço meu bom humor e minha paciência e você deve saber que esta não é uma oferta muito comum.

Se você tivesse chegado antes, eu não teria notado. Se demorasse um pouco mais, eu não teria esperado. Você anda acertando muita coisa, mesmo sem perceber. Você tem me ganhado nos detalhes e aposto que nem desconfia. Mas já que você chegou no momento certo, vou te pedir que fique. Mesmo que o futuro seja de incertezas, mesmo que não haja nada duradouro prescrito pra gente. Esse é um pedido egoísta, porque na verdade eu sei que se nada der realmente certo, vou ficar sem chão. Mas por outro lado, posso te fazer feliz também. É um risco. Eu pulo, se você me der a mão.

Você não precisa saber que eu choro porque me sinto pequena num mundo gigante. Nem que eu faço coisas estúpidas quando estou carente. Você nunca vai saber da minha mania de me expor em palavras, que eu escrevo o tempo todo, em qualquer lugar. Muito menos que eu estou escrevendo sobre você neste exato momento. E não pense que é falta de consideração eu dividir tanto de mim com tanta gente e excluir você dessa minha segunda vida, porque há duas maneiras de saber o que eu não digo sobre mim: lendo nas entrelinhas dos meus textos e olhando nos meus olhos. E a segunda opção ninguém mais tem.

81 comentários:

  1. Perfeito como todos seus textos, tô exatamente neste momento. Linda, nunca pare de escrever, uma suplica que te faço.

    ResponderExcluir
  2. Toda vez que leio a Veronica H. Eu tenho vontade de nunca mais escrever! De verdade... vc escreve lindamente!
    "É um risco. Eu pulo, se você me der a mão."
    bjos querida

    ResponderExcluir
  3. Genteeeee, que lindo !!!
    Você manda muito bem Veronica :)

    ResponderExcluir
  4. E tudo fica mais leve quando se escreve...

    Ah doce Vê!!

    Essas linhas são tão reais.

    Um beijo gigante

    ResponderExcluir
  5. Ah, lindo. Completamente lindo!

    Essa da foto ao lado, no fundo do blog é vc?
    Bjos no coração!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. como é bom acordar pela manhã deste sexta e começar o dia lendo um texto tão compatível com meus pensamentos e atitudes.

    você me deixa sem palavras vê.

    ResponderExcluir
  8. Ahhhhhhh quando eu penso que a Verônica já disse tudo, já escreveu tudo, ela vem e surpriende todas nós! Você supera todas as minhas expectativas, e esse é mais um lindo texto, e acabou de se tornar um dos meus preferidos! Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Ai, suspirei agora!
    Lindo d+.


    xero na sua alma

    ResponderExcluir
  10. Ahhhhhhh quando eu penso que a Verônica já disse tudo, já escreveu tudo, ela vem e surpriende todas nós! [2]QUE TEXTO LINDO =)

    ResponderExcluir
  11. "Mas por outro lado, posso te fazer feliz também. É um risco. Eu pulo, se você me der a mão."

    Perfeito!

    ResponderExcluir
  12. linda,nunca deixe de postar seus pensamentos,rs!por que eu ameeei*-* obg Verônica*:

    ResponderExcluir
  13. pelo jeito alguém está sendo conquistada 'pelas beiradas'... é bom a sensação de algo natural ao invés de algo forjado né?
    somos assim mesmo: temos mais de uma vida, temos o nosso mundo particular e secreto...
    muito bom, mesmo :)
    :***

    ResponderExcluir
  14. Simplesmente arrasoooou! \o/

    Texto P-E-R-F-E-I-T-O!

    ResponderExcluir
  15. Engraçado como alguns textos parecem dizer exatamente o que sentimos.... Esse texto diz perfeitamente tudo o que ando pensando... rsrs
    adoro seus textos!!!
    bjss

    ResponderExcluir
  16. qria muito conhecer isso por vc... saber suas angustias, problemas seus
    devaneios e opinioes sobre vida e amor e tudo mais... muita magoa e rancor em alguns mas, naum sabia q escrevia tao bem... no geral EU GOSTI e se quise hablar sobre eu vou amar.. bjs S2...

    ResponderExcluir
  17. Nunca nos entregamos por completo mesmo, sempre deixamos uma coisa nossa guardada, e eh sempre essa parte, a mais verdadeira, sera q somos mto intensos e temos medo de assustar?

    incrivel como sempre seu texto

    ResponderExcluir
  18. Estou viciada nos teus textos guria.
    #geminianas ;)

    ResponderExcluir
  19. Tudo tão lindo.. tão meu momento!!

    Luz no coração!

    ResponderExcluir
  20. Genteeeee, que lindo !!!
    Você manda muito bem Veronica :) ainda lembro do primeiro texto seu que li

    ResponderExcluir
  21. Nossa, adoro suas postagens! Parabéns pelo blog, sempre o leio.
    Sigo-te e gosto muito!

    http://myworldinbetweenlines.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Sensível, mas não barato. Você escreve muito bem...

    ResponderExcluir
  23. UAU!
    nossa, vc sempre se supera!
    não sei nem o que comentar... só posso agradecer por sempre colocar em palavras aquilo que vivo mas não consigo descrever...!

    boa sorte com td! vc merece!
    =D

    ResponderExcluir
  24. você encaixa cada palavra onde deve estar. parabéns, Verônica. sou fã e seguidora leal rs
    um beijo!

    ResponderExcluir
  25. Ai, que texto mais lindo! E o final foi ainda mais lindo que o resto! Realmente, essa segunda opção é restrita. Amei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Digna de sua reputação! Otimo texto, como todos.
    Parabens!!!

    ResponderExcluir
  27. se eu tivesse lido esse texto no dia que vc o postou, dia 08/10, talvez eu tivesse tomado coragem pra dizer a uma pessoa o que vc escreveu: "...vou te pedir que fique...". Parabéns pelos textos, continue escrevendo, eu vejo os meus dias sendo relatados pelas suas palavras!

    ResponderExcluir
  28. Confesso que fiquei tentada a deixar esse texto para lá quando vi o tamanho. Graças a Deus li a primeira frase e, de linha, já me identifiquei. Isso se parece tanto comigo. Até a verborragia que prefere ficar escondida conta um tanto de mim. Enfim, juro pra você, com a sinceridade das pessoas desconhecidas, que me arrepiei quando li a última frase. Tão verdade. Poder olhar nos olhos é poder ler a alma. Talvez, secretamente, seja até mais do que compreender entrelinhas.

    Beijo, a namorada.

    ResponderExcluir
  29. enfim, depois de uns tantos amores que não ultrapassam a primeira página, a vida nos oferece um alguém que nos encoraje a ir além
    estamos num mesmo momento

    ResponderExcluir
  30. porque vc tem tantas caracteristicas iguais as minhas?

    ResponderExcluir
  31. PERFEITO!!! Veronica seu blog pra mim ja virou rotina, assim como ler email! rs

    .. porque há duas maneiras de saber o que eu não digo sobre mim: lendo nas entrelinhas dos meus textos e olhando nos meus olhos. E a segunda opção ninguém mais tem.

    ResponderExcluir
  32. Quanta coisa linda pra um texto só. Eu realmente acho que esse tenha sido teu melhor!
    O segundo parágrafo me encantou por completa. Gostei demais!

    ResponderExcluir
  33. Ai, que texto PERFEITO!
    Parece que escreveu por mim, porque é exatamente o que eu sinto!

    ResponderExcluir
  34. Nossa, me vi nesse texto agora, tenho sérios problemas pra falar d mim, acho q é pq percebi q ñ adianta muito ta dividindo certas crises q só a gente pode resolver.

    ResponderExcluir
  35. no geral gosti mas e sobre essa certza absoluta que voce tem sobre tudo e todos qu smpre falo.

    ResponderExcluir
  36. Lindo demais!
    To sem palavras também!

    ResponderExcluir
  37. Sem palavras... perfeito.. veio na hora certa...

    ResponderExcluir
  38. Gostei como escreveu. Eu vivo esse sentimento, é bom saber que não escrevo sozinha sobre questões que são mais fáceis aqui do que lá fora.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  39. O tanto que me identifico com você parece sobrenatural ! LINDO, Verônica. ;*

    ResponderExcluir
  40. Perfeito, como se você tivesse ouvido meus pensamentos.

    ResponderExcluir
  41. "Mesmo que o futuro seja de incertezas, mesmo que não haja nada duradouro prescrito pra gente. Esse é um pedido egoísta, porque na verdade eu sei que se nada der realmente certo, vou ficar sem chão. Mas por outro lado, posso te fazer feliz também. É um risco. Eu pulo, se você me der a mão"

    * Dou graças a Deus que tive a oportunidade de te conhecer, Vê. Você é fantástica, saudades...
    bjos

    ResponderExcluir
  42. Vc sempre encanta com as palavras!
    Adoro :)
    Estava com saudade daqui...
    Me encontro em muitas coisas que vc escreve!

    Bjs =*

    ResponderExcluir
  43. Muito lindo seu blog e todos os seus textos! eu postei um trechinho deste no meu blog espero que tudo bem, coloquei o link do seu blog falando que era seu é que é realmente muito bom o jeito que você escreve! Parabéns

    ResponderExcluir
  44. Adorei o texto, o blog e por fim, você.
    E pode continuar escrevendo sobre eu. haha
    Beijos, e parabéns.

    ResponderExcluir
  45. Encantada com seu jeito de escrever!

    ResponderExcluir
  46. Obviamente você ganhou mais uma fã. Lindíssimo Verônica! Fiquei fascinada com seu lirismo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  47. Este é um dos teus textos que mais gosto. Você é incrível !

    ResponderExcluir
  48. Bom demais! Me identifiquei muito, com o do meio principalmente. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  49. MUITO LINDO!!!vc escreve perfeitamente bem!!sou sua fa.vc alcança a alma das pessoas e cativa,com cada palavra que toca o coraçao.bjos!!!!!

    ResponderExcluir
  50. PERFEITO!!!SEM PALAVRAS.

    ResponderExcluir
  51. Você anda acertando muita coisa, mesmo sem perceber. Você tem me ganhado nos detalhes e aposto que nem desconfia.
    Ele anda acertando mesmo!!

    ResponderExcluir
  52. Fiquei sabendo do seu blog a poucos dias, e quando vi a primeira vez não deixei mais de ler um texto seu. QUanta sinceridade, quanto sentimento expressado sem medo, e todo mundo devia fazer o mesmo, já que não temos coragem de expressá-los a certo alguém então que ao menos escrevamos bem!!! Parabéns!!! Abraços

    ResponderExcluir
  53. Já faz algum tempo que eu visito teu blog TODOS OS DIAS, sim, já decorei boa parte dos teus textos! :$ E eu não podia deixar de comentar em pelo menos um deles pra dizer o quanto eu sou tua FÃ, Verônica.

    Me identifico com cada linha que tu escreve.. Sinto as mesmas coisas, penso da mesma maneira. E ler os teus textos me faz um bem inexplicável.

    Obriigada, viu?
    Tu é a MELHOR! s2

    ResponderExcluir
  54. eu venho lendo pedacinhos desse texto em fotolog ,status eoutras infimas coisas da internet. Econtraá-lo aqui, na íntegra foi perfeito, você é das melhores. Hum , acho que agora não saiu mais daqui (:(lll)

    ResponderExcluir
  55. estou completamente assustada com o jeito que tão sublime transpareceu meu amor eu suas palavras,muito obrigada
    Ellen pereira

    ResponderExcluir
  56. Quando eu crescer, vou tentar traduzir meu coração nas palavras, do mesmo jeito com que confessas tuas letras todas.

    ResponderExcluir
  57. isso nao é ela, é caio f

    ResponderExcluir
  58. Caio F é demais, as palavras dele, diz exatamente o que eu sinto,

    Dayanne Alves

    ResponderExcluir
  59. é mesmo? qual seu livro preferido?
    eu não gosto, pra ser sincera.

    ResponderExcluir
  60. Existem algumas coisas que eu sinceramente, gostaria que tivessem saído de mim... este seu texto é uma delas, pois retrata em parte uma história passada e acredite, como sou boa em repeteco, rs, uma história presente!! Obrigada!

    ResponderExcluir
  61. Caio Fernando Abreu! Esse texto é dele! Vamos ser realistas e postar o nome do verdadeiro autor! afinal plagio é crime :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crime é sair por aí divulgando trechos de textos de outros autores, e dizer que são de autores conhecidos. Crime é sair por aí dizendo ser plágio, porque viu em qualquer lugar com o nome de outro autor, e vir aqui reivindicar os créditos sendo que você sequer sabe da onde que retiraram o trecho do texto, ou da onde que estaria escrito esse trecho do CFA. :)

      Excluir
  62. se você quer falar de realidade, encontre o livro dele onde esse texto foi publicado (você se lembra que ele morreu antes da escrita na internet, não é?) e comprove o que você diz com tanta certeza.
    Internet não paga língua.

    ResponderExcluir
  63. Lindo *.* gente, como o Caio F. de Abreu virou moda, (que nem como faziam anteriormente com Clarice Lispector) tudo bonito que encontram pela frente, de autores não tão grandes, colocam sob autoria do Caio para dar popularidade :/ é um saco :/

    ResponderExcluir
  64. se encaixa perfeitamente na situação em que vivo hoje. Suas palavras são a perfeição :O

    ResponderExcluir
  65. Fabuloso! Eu sinceramente não me canso nunca de ler esse texto. Ele descreve exatamente o sinto. Quando o li para o meu namorado eu comecei a chorar e ele riu limpando as minhas lágrimas, ele disse que o texto era perfeito, e que parecia que eu o tinha escrito com todos os meus sentimentos mais confusos só para ele.
    Obrigada por tudo o que você escreve.Eu tenho certeza que assim como eu muitas pessoas também se identificaram.

    ResponderExcluir
  66. caio fernando de abreu, coloque referências, moça, senão será plágio.

    ResponderExcluir
  67. Sério que nao fui tu, jurei q era, aff!!

    ResponderExcluir
  68. Veronica, tu és brilhante, continue brilhando? Poeta são todos aqueles que voam na asa do pensamento e na asa do coração.

    ResponderExcluir
  69. “Tem muita gente que pensa que ama. Não sou ninguém para julgar o amor dos outros, longe de mim. Mas o amor, o amor mesmo, o amor maduro, o amor bonito, o amor real, o amor sereno, o amor de verdade não é montanha-russa, não é perseguição, não é telefone desligado na cara, não é uma noite, não é espera. O amor é chegada. É encontro. É dia e noite. É dormir de conchinha. É acordar e fazer um carinho de bom dia. É ajuda, mãos dadas, conforto, apoio. E saco cheio, também. Porque de vez em quando o amor enche o saco. Tem rotina, tem manhã, tarde, noite, tem defeito, tem chatice, tem tempestade. Mas o céu sempre limpa. Porque o amor é puro como o azul do céu.”
    Curtir (desfazer) · · Compartilhar · 391 · há ± um minuto ·

    ResponderExcluir
  70. esse texto é de CAIO FERNANDO ABREU e ñ da pessoa q tem o dominio aqui do blog... acho que deveriam dar nome aos escritores de verdade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caio Fernando Abreu morreu em 1996 e nunca escreveu pela internet. Se vc for capaz de encontrar uma publicação em papel que prove o que você disse, por favor mostre e eu nunca mais escrevo na minha vida. Se não for, prometo não fazer nenhum comentário pra poupar você da vergonha de não saber o que diz.

      Excluir
  71. Se alguém com mais de 14 anos e um nome que não seja Anônimo estiver a fim de um diálogo sobre o suposto plágio deste texto, meu e-mail é manualinverso@hotmail.com
    Não falo mais sobre isso no blog.

    ResponderExcluir
  72. Texto lindo, mas convenhamos Caio Fernando de Abreu é um dos melhores autores da década dele !

    ResponderExcluir
  73. Gente, esse texto é da Tati Bernardi.
    Podem pesquisar no blog oficial dela.
    ME POUPE.
    PLÁGIIIIIIIIO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô ocupada trabalhando, procura lá e posta aqui, por favor!

      Excluir
  74. Hi there, all the time i used to check webpage posts here in the early hours in the dawn,
    since i enjoy to learn more and more.
    My web site get cash now

    ResponderExcluir