fevereiro 20, 2009



Escrever virou um vício. Frases soltas, textos longos, nadas escritos só pra existir. Se eu não registrar, uma parte de mim se esquece. Se eu parar, uma parte de mim morre.
E o bloqueio? Vai me enlouquecendo. É como se me negassem comida, oxigênio. Sinto como se eu fosse morrendo a cada começo jogado de lado por não ter o que desenvolver. Se eu dormir, acordo melhor?

4 comentários:

  1. Se eu não registrar, uma parte de mim se esquece. Se eu parar, uma parte de mim morre.

    — também.

    ResponderExcluir
  2. Giro o que acabei de ler, quase que chego a conclusão que pensa como eu em algumas palavras...as vezes penso que tenho um vírus dentro de mim que me corroí de tal forma que paralisa o corpo, o cérebro.. e que as palavras fluem de uma maneira desordenada e fazem meus livros..porque o amor é uma treta que nos faz enlouquecer na nossa existência...e o silencio faz-nos viver em sonhos...tudo o que sinto tento transmitir em meus livros..por vezes quem me rodeia fica com sensação que bloqueio!
    Se eu não gostar de mim? Quem gostará assim..também eu sinto uma necessidade de escrever várias vezes ao dia, parece que a minha cabeça arrebenta e meu coração pula fora deste meu corpo adormecido...ai que as palavras que escrevo enlouquecem meio mundo, mas não a pessoa que gosto assim...até posso iludir por quem nele passa no meu Blog, fazer alguém sonhar.. quem não tem pressa e continuar-me admirar...mas o amor é uma treta!e a minha vida são palavras assim...se eu parar eu morro...será que alguém morria por mim ? ...tudo não passam de palavras que por vezes as pessoas não conseguem dizer na realidade porque sentem medo de serem rejeitadas...

    ResponderExcluir
  3. Giro o que acabei de ler, quase que chego a conclusão que pensa como eu em algumas palavras...as vezes penso que tenho um vírus dentro de mim que me corroí de tal forma que paralisa o corpo, o cérebro.. e que as palavras fluem de uma maneira desordenada e fazem meus livros..porque o amor é uma treta que nos faz enlouquecer na nossa existência...e o silencio faz-nos viver em sonhos...tudo o que sinto tento transmitir em meus livros..por vezes quem me rodeia fica com sensação que bloqueio!
    Se eu não gostar de mim? Quem gostará assim..também eu sinto uma necessidade de escrever várias vezes ao dia, parece que a minha cabeça arrebenta e meu coração pula fora deste meu corpo adormecido...ai que as palavras que escrevo enlouquecem meio mundo, mas não a pessoa que gosto assim...até posso iludir por quem nele passa no meu Blog, fazer alguém sonhar.. quem não tem pressa e continuar-me admirar...mas o amor é uma treta!e a minha vida são palavras assim...se eu parar eu morro...será que alguém morria por mim ? ...tudo não passam de palavras que por vezes as pessoas não conseguem dizer na realidade porque sentem medo de serem rejeitadas...

    ResponderExcluir